• Carol Ribeiro

Como identificar vazamentos de água

Você sabia que um vazamento pode gerar um desperdício de até 3,2 mil litros de água em

um dia?


De acordo com um levantamento feito em 2016 pelo SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) o Brasil chega a perder 36,7% do volume de água distribuído anualmente, por vazamentos.


Para que você não faça parte dessa estatística, veja algumas dicas que podem assegurar uma instalação hidráulica mais segura:

  • Não instale produtos de qualidade duvidosa;

  • Ao comprar tubos e conexões, escolha sempre peças do mesmo fabricante para evitar problemas com folgas ou encaixes e gastos com reparos e substituições;

  • Para melhorar o desempenho hidráulico do projeto, evite desvios excessivos e ramais com trechos longos;

  • Dê preferência ao uso de curvas em vez de joelhos;

  • Jamais utilize fogo ou abuse da flexibilidade dos tubos para não causar trincas;

  • Ao instalar registros, observe e respeite a indicação do fluxo;

  • Para não danificar as vedações, não deixe escorrer adesivo para dentro dos tubos na hora

  • de realizar a soldagem;

  • Para evitar danos na tubulação ao instalar saboneteiras, box, espelhos e gabinetes, tenha sempre em mãos o projeto hidráulico. Caso não tenha projeto estruturado, faça um esboço da tubulação instalada ou fotografe a parede com as tubulações ainda na fase anterior ao reboco;

  • Concluída a instalação do sistema hidráulico verifique se há vazamentos antes da aplicação do reboco.


Se desconfiar de algum vazamento, faça os testes:



TESTE DO HIDRÔMETRO

Para fazer o teste, deixe os registros de parede abertos, feche bem todas as torneiras, desligue os aparelhos que usam água e não utilize os sanitários. Vá até o relógio de água (hidrômetro), anote o número que aparece ou marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro. Depois de uma hora, verifique se o número mudou ou o ponteiro se movimentou. Se isso aconteceu, há algum vazamento em sua casa.




TESTE DA TORNEIRA

Feche o registro na parede. Abra uma torneira alimentada diretamente pela rede (pode ser a do tanque) e espere a água parar de sair. Coloque imediatamente um copo cheio de água na boca da torneira. Caso haja sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.



TESTE DO VASO SANITÁRIO

Depois de coar o café, faça o teste: jogue borra de café no vaso sanitário, se não houver vazamento, a borra de café fica depositada no fundo do vaso. Caso contrário, é sinal de vazamento na válvula ou na caixa de descarga. Nas bacias cuja saída da descarga for para trás (direção da parede), deve-se fazer o teste retirando toda a água. Se a bacia voltar a acumular água, há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.



DICAS EXTRAS DE CONSERVAÇÃO


  • Não apertar as torneiras e registros além do necessário para evitar danos nas vedações internas.

  • Não apoiar pesos nas torneiras e registros.

  • Evite batidas nos tubos flexíveis (rabicho) que alimentam os lavatórios e caixas de vasos sanitários, pois são peças sensíveis e as batidas podem ocasionar vazamentos.

  • Proceda periodicamente a limpeza dos aeradores (bicos removíveis) das torneiras, uma vez que é comum o acúmulo de sujeira proveniente da própria tubulação.


FONTE: Thermosul, Zap Imóveis, Bsb Capital

27 visualizações

(31) 3835-8090

(31) 3835-8080

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest
  • YouTube

0800  026  8080

INSTITUCIONAL

PROFISSIONAIS DA OBRA

FACILIDADES E SERVIÇOS

SOBRE A LOJA

MATRIZ: Av. das Rosas, 23 - São Pedro

FILIAL: Rua Platina, 236 - Major Lage de Baixo

Itabira - MG

©2019 by Equimacon Materiais de Construção. Proudly created with Wix.com